quinta-feira, 5 de maio de 2016

Palestra “não nascemos prontos”, por Mário Sérgio Cortella

Palestra “não nascemos prontos”, por Mário Sérgio Cortella
Brilhante palestra do filósofo e educador Mário Sérgio Cortella. É um pouco extensa para muitos, está dividida em 4 partes, mas compensa, muito elucidador a forma como ele comenta aquilo que nos aflita em nosso cotidiano familiar.
Com a lucidez e abrangência e senso de humor que lhe é peculiar, Cortella discorre uma palestra baseada em seu livro Não Nascemos Prontos – Provocações Filosóficas:
O grande desafio humano é resistir à sedução do repouso, pois nascemos para caminhar e nunca para nos satisfazer com as coisas como estão. A insatisfação e um elemento indispensável para quem, mais do que repetir, deseja criar, inovar, refazer, modificar, aperfeiçoar.
Assumir esse compromisso é aceitar o desafio de construir uma existência menos confortável, porém ilimitada e infinitamente mais significativa e gratificante.
Livro de Cortella que pode ser adquirido aqui.
Aliás, quem não tem tempo ou mesmo saco para assistir por completo esta palestra deveria saber os motivos desta desmotivação justamente assistindo.
Ela realizou-se em um Seminário sobre Família, Escola e Cidadania: Quais os caminhos? – que aconteceu em Florianópolis/Santa Catarina em 2007. Saiba maisaqui.
Algumas notas interessantes sobre esta 1ª parte do vídeo:
“…os motivos que não nascemos prontos…”
“…os jovens de hoje: desejos são direitos…”
“…citação de Contardo Calligaris que diz que os jovens de hoje parecem adultos em férias…”
“…citação de Frei Beto…que dizia quando era criança, o que valorizava o tênis que eu usava era que EU usava…EU dava valor ao calçado…”
“…a ética do óbvio…”
“…o mundo que nós vamos deixar para os nossos filhos depende muito do tipo de filho que nós vamos deixar para o mundo…”
“…geração miojo…”
“…a importância da convivência…”
“…as coisas para acontecerem demoram um processo, dá trabalho…”
Palestra Não nascemos prontos – parte 1
Algumas notas interessantes sobre esta 2ª parte do vídeo:
“…acatar o prático nem sempre é o certo…”
“…o almoço de 15 minutos: a gente precisa vir mais é tão gostoso quando a gente sai…”
“motel gastronômico…”
“…os jovens precisam saber que as coisas possuem um processo para existir…”
“…o controle remoto alterou nossa percepção de…”
“…pra que serve TV a cabo? Para não assistirmos nenhum canal inteiro…”
“…o que educava a nossa paciência…e o que deseduca a nossa paciência…”
“…o ápice do anonimato…”
Palestra Não nascemos prontos – parte 2
Algumas notas interessantes sobre esta 3ª parte do vídeo:
“…a tecnologia não pode nos submeter…”
“…o telefone fixo fazia a mediação entre meus amigos e eu…”
“…você não sabe onde seu filho está, porque ele é móvel como o celular…”
“…tecnologia não é neutra, ela produz efeitos…”
“…criar com os filhos outra lógica de comunicação…”
“…personalidade ética é construída quando nós prestamos atenção…”
“…os jovens de hoje adoram ensinar…”
“…tudo é fast…tudo é imediato…”
“…a sociedade do imediato, ela nos atinge…”
“…os resultados de procurar o prático ao invés do certo…”
“…o Deus mercado…”
“…viver o presente até o esgotamento siginifica…”
“…a lógica de que o mundo não tem história, e quem não tem história vive o presente até o esgotamento…”
“…viver a vida no limite do turbinamento…”
Palestra Não nascemos prontos – parte 3
Algumas notas interessantes sobre esta 4ª parte do vídeo:
“…construir uma personalidade ética exige de nós…”
“…o sucesso pela capacidade de amorosidade…”
“….amorosidade sem competência é mera boa intenção…”
“…sinal de loucura neste começo de século XXI: a família sai de casa para comer comida caseira…”
“…finaliza a palestra com a citação do renascentista francês François Rabelais: conheço muitos que não puderam quando deviam porque não quiseram quando podiam…”
Palestra Não nascemos prontos – parte 4
[via Youtube no canal de eliezersc’s]
(a você que não conheço, um muito obrigado por disponibilizar tal palestra)
Artigos relacionados:
08.08.2008:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VÍDEOS MOTIVACIONAIS

Loading...

III SIMPÓSIO E. E. SAPOPEMBA

Loading...

Kafka - Metamorfose / Atividade 3 º Ano E.E.Sapopemba / 2 º Ano E.E.Silvana Evangelista

Loading...

Projeto - Jovem Protagonista - Por Fábio Valverde

Loading...

Simpósio E.E.Sapopemba

Loading...

Postagens populares

Psicanálise

Loading...

Freud além da alma. ( 2 º Bimestre )

Loading...
Loading...

Total de visualizações de página

Freud além da alma. ( 2 º Bimestre )

Loading...

Freud além da alma. ( 2 º Bimestre )

Loading...

Só se vê bem com o coração....

Postagens populares

Atividade E.E.Silvana Evangelista

Loading...

A Metamorfose - Franz Kafka

A Metamorfose - Franz Kafka
Sinopse - A Metamorfose - Franz Kafka A Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante - o famoso Gregor Samsa - transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana - tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal. A Metamorfose - Franz Kafka

Saberes Diferentes

Saberes Diferentes
"Num largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro. Numa das viagens, iam um advogado e uma professora. Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro: - Companheiro, entende de leis? - Não. - Responde o barqueiro. E o advogado compadecido: - É pena, perdeu metade da vida! A professora muito social entra na conversa: - Senhor barqueiro, sabe ler e escrever? - Também não. - Responde o remador. - Que pena! - Condói-se a mestra - Perdeu metade da vida! Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco. O barqueiro preocupado pergunta: - Vocês sabem nadar? - Não! - Responderam eles rapidamente. - Então é pena - conclui o barqueiro - Vocês perderam toda a vida!" "Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes" (Paulo Freire). Pense Nisso... e valorize todas as pessoas com as quais tenha contacto.

PROJETO PENSAR

PROJETO PENSAR
REFLETINDO SOBRE A VIDA, UMA EXPERIÊNCIA FILOSÓFICA NA ESCOLA

Filo/Vídeos/SAPOPEMBA

Loading...

Amor platônico

Loading...

Momentos Reflexivos !

Loading...

Filosofia no Ensino Médio.

Loading...

Simpósio : Praticando a Paz e a Cidadania no Sapopemba.

Simpósio : Praticando a Paz e a Cidadania no Sapopemba.
Em breve !!!!!!!Tem como objetivo estimular o interesse científico dos alunos da rede pública de ensino por meio da participação em atividades teóricas e práticas, convivência com os procedimentos e as metodologias adotadas na pesquisa científica. O programa tem a participação de professores e alunos da E.E.Sapopemba.

A pior violência é o preconceito. Bruce Springsteen- Ruas Filadélfia 1993

Loading...

Razão e Emoção – É preciso inteireza

Razão e Emoção – É preciso inteireza
Existem situações em nossa vida em que temos de escutar as informações, os sons e os sentimentos que nos rodeiam para tomarmos decisões, caminhos ou realizar escolhas. São inúmeras estas informações e, tome-se como exemplo, as informações detalhadas abaixo: Externas: São aquelas informações advindas de conselho de amigos, de especialistas, análises financeiras, opinião pública, pesquisar o cliente, entre muitas outras. Próprias: São as informações advindas de nossas próprias percepções, sentimentos, experiências, além daquelas que vêm de nosso conhecimento técnico, nossa razão e nossa emoção. Muitas vezes, não existe um caminho único a ser seguido, do mesmo modo que também não existe uma verdade absoluta a ser acreditada. Muitas escolhas podem até levar-nos para os mesmos lugares ou, até mesmo, para resultados bem distantes. Certa vez, o filósofo Confúcio disse: “Onde quer que vás, vá de todo o coração”. Confúcio estava nos dizendo que precisamos ser fiéis a nós mesmos, utilizarmos da razão, porém ela deve ser embebida na sensibilidade, estarmos presentes em razão e em emoção. Devemos agir tecnicamente, porém com o sentimento daquele que ama o que faz, respeita seus ideais e, principalmente, tem respeito por outras pessoas. Basta você olhar para os lados e verá quantas pessoas estão trabalhando sem nenhum tipo de sentimento, “ligadas no modo automático”, exercendo suas funções de forma mecânica, alheias aos acontecimentos e aos outros seres humanos que os cercam. São pessoas que atuam sem prazer, sem vida, sem amor próprio ou amor pelo próximo. Na vida, é preciso agir com inteireza. Inteireza é uma palavra definida no dicionário como a qualidade ou o estado daquilo que é inteiro; com integridade física e moral. Precisamos estar inteiros para darmos o melhor de nós mesmos por aquilo que estamos fazendo naquele momento. Estar inteiro também é estar com o outro, pelo outro, interessados no bem-estar e no sucesso do outro, tais como clientes, parceiros, família, amigos e comunidade. Um trecho da música "Por Inteiro" do cantor e compositor Wilson Sideral diz: “Não importa o arranjo, em conjunto somos mais do que solo”. Estar inteiro não é estar sozinho, mas sim em sintonia com o mundo. Juntos somos mais do que um. Da próxima vez que tiver que tomar uma decisão, estiver atendendo um cliente ou se relacionando com algo ou alguém, esteja por inteiro. E não se esqueça do velho amigo Confúcio: “Onde quer que vás, vá de todo o coração”. Afine-se para o sucesso! Fabiano Brum é Palestrante especialista em motivação, vendas, empreendedorismo e educação, vem destacando-se em palestras, cursos e seminários pela maneira inteligente e criativa com que alia seu conhecimento musical aos temas de seus treinamentos

Arquivo do blog

JovensFilósofosnoSapopemba

Filosofando

Loading...

jovensfilosofosnosapopemba

jovensfilosofosnosapopemba
blog - Espaço educacional e Cultural

Filosofia : Vídeos ( Multimídia no Sapopemba )

Loading...

Filosofia e Mídia

Loading...

Seguir Blog

Loading...

Páginas